Notícias

Falta de veículos novos no mercado faz procura por seminovos crescer e preço pago pelas revendas sobem em até 15%

De acordo com José Geraldo da Cunha, diretor do Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos do Espírito Santo (Sincodives), faltam componentes eletrônicos para as montadoras

Falta de veículos novos no mercado faz procura por seminovos crescer  e preço pago pelas revendas sobem em até 15%
Foto: Foto: Fabio Tito/G1

Com a queda na produção de veículos novos, efeito da pandemia, os olhos dos clientes estão voltados para os seminovos. Por causa da alta procura, as revendedoras estão pagando, em média, 15% a mais pelos carros usados, que podem chegar a ficar mais caros que um zero quilômetro do mesmo modelo.

“Um exemplo é o novo Corolla Cross 2021, modelo que está em falta no mercado. Por ser muito procurado, ele pode ser revendido por até R$ 10 mil a mais que o novo”, explicou Paulo Souza, presidente da Associação dos Revendedores Independentes de Veículos do Espírito Santo (Arives).

De acordo com José Geraldo da Cunha, diretor do Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos do Espírito Santo (Sincodives), faltam componentes eletrônicos para as montadoras.

“Houve uma queda geral na produção de veículos novos. Como os fabricantes estão com peças em falta, e a procura continua grande, a oferta foi bem reduzida. A tendência é que a produção aumente o suficiente para atender à demanda de clientes nos próximos quatro meses”, estimou Cunha.

O empresário Romeu Monaldi Marroquio, dono de uma revendedora de carros em Vitória, concorda que o mercado nunca esteve tão aquecido.

“Como alguns modelos de carro zero têm expectativa de mais de 100 dias para a entrega, o consumidor vai procurar a revendedora. Os veículos seminovos estão em média 15% mais valorizados que antes da pandemia”, estimou.

Os modelos mais buscados, com baixa quilometragem e sem necessidade de reparos, podem ser comprados do dono pelo valor da tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

A tabela é a principal referência de preços de automóveis no mercado, e também é utilizada para calcular o valor de seguros.

“Se o veículo tiver despesas, como necessidade de pintura ou de trocar os pneus, compramos por um preço menor, há vários fatores que definem essa avaliação. Depende do modelo e do estado geral do carro”, completou Marroquio.

O empresário ressaltou que o pagamento é à vista e em dinheiro. “Para quem está precisando de receita nesse momento de crise, é uma opção interessante. Ainda dá Ainda dá para pegar uma parte do dinheiro para financiar um novo veículo”, pontuou.

Criminosos se passam por revendedores para golpes

Revendedores de veículos alertam que criminosos estão usando fotos de lojas reais em sites de venda, passando-se por funcionários para aplicar golpes.

“Já aconteceu com a minha loja. Eles fazem os prints das fotos que temos no site, sem nem mesmo tirar o nome da revendedora ou a placa, e fingem que são um vendedor ou o proprietário que deixou o carro à venda na loja”, comentou o empresário Felício Pezente, dono de uma revendedora.

Segundo Pezente, é comum que anúncios fraudulentos afirmem que aprovam a compra para negativados, sem necessidade de comprovação de renda.

“Eles pedem um depósito para segurar o carro, que está à venda em um preço bem abaixo do mercado. A pessoa acha que é uma oportunidade única, tem urgência para pagar e não perder o negócio. Depois de efetuar o depósito, o comprador é bloqueado”, acrescentou.

O empresário frisou que loja nenhuma vai pedir para o cliente antecipar o pagamento para fechar um negócio.

“O ideal é procurar uma loja com tradição no mercado, vinculada à associação de revendedores. Se você não puder ir conferir o carro pessoalmente, faça uma chamada de vídeo com o vendedor, e busque falar com a loja em mais de um canal de comunicação”.

Antes de fechar negócio, o empresário Romeu Monaldi Marroquio recomenda que o comprador exija que a loja preencha o recibo de transferência do veículo.

“Comprador e vendedor devem reconhecer firma, e deve-se fazer um comunicado de venda ao Detran. É gratuito e isenta o antigo dono de responsabilidades”.

Lea a reportagem na Tribunaonline clicando AQUI. 

----------------------

Envie sua sugestão de conteúdo para a redação:
Whatsapp Business PORTAL SMO NOTÍCIAS (49) 9.9979-0446 / (49) 3621-4806

Cotações

Dólar Americano/Real Brasileiro

R$ 5,11

Dólar Americano/Real Brasileiro Turismo

R$ 5,62

Dólar Canadense/Real Brasileiro

R$ 4,08

Libra Esterlina/Real Brasileiro

R$ 7,11

Peso Argentino/Real Brasileiro

R$ 0,05

Bitcoin/Real Brasileiro

R$ 205,91

Litecoin/Real Brasileiro

R$ 711,72

Euro/Real Brasileiro

R$ 6,06

Clima

Publicidade Interna Lateral Pequeno