Notícias

Vereadores sugerem repasse às redes femininas, serviço de radioterapia e divulgação de vacinados nos boletins da Covid

Os vereadores destacam a importância dos trabalhos desenvolvidos pelas redes femininas de combate ao câncer há mais de 40 anos

Vereadores sugerem repasse às redes femininas, serviço de radioterapia e divulgação de vacinados nos boletins da Covid
Foto: Ascom

Os vereadores Carlos Agostini e Moacir Fiorini (MDB) apresentaram uma moção solicitando ao Governo do Estado que inclua no Orçamento de 2022 repasses financeiros às redes femininas do Estado. Os vereadores destacam a importância dos trabalhos desenvolvidos pelas redes femininas de combate ao câncer há mais de 40 anos, prestando atendimento e assessoramento em ações de defesa e garantia de direitos, promovendo acesso, bem-estar e qualidade de vida aos beneficiários. “Os serviços oferecidos ajudam pessoas portadoras de câncer de todos os tipos, seus cuidadores e familiares”, ressaltam.

Agostini e Fiorini lembram que o foco principal do trabalho dessa entidade é a prevenção do câncer do colo do útero, através da realização dos exames preventivos e clínico de mama. “As redes espalhadas pelos municípios catarinenses atendem mulheres de todas as regiões, realizando um grande montante de exames mensais, o que resulta diretamente num ‘desafogamento’ para os postos de saúde, secretarias municipais de saúde e setores de atendimento à saúde da mulher”, explicam os vereadores.

Os autores citam que as entidades enfrentam dificuldades financeiras e realizam atividades para a arrecadação de fundos. “É de extrema importância que o poder público assuma a responsabilidade de fazer repasses financeiros para contribuir na manutenção destas instituições tão imprescindíveis à sociedade”, acrescentam, sugerindo o provisionamento de recursos no orçamento da Secretaria de Estado da Saúde para repassar a estas instituições.

“É imprescindível ter em mente que a prevenção sempre é o melhor caminho, tanto para manutenção da vida, quanto para os cofres públicos, uma vez que a prevenção é extremamente menos onerosa quando comparada aos custos de um tratamento quimioterápico”, finalizam os vereadores. A moção será enviada ao secretário de estado da Saúde, André Motta Ribeiro.

Radioterapia

Lucilene Binsfeld (Tudi – PT) apresentou moção solicitando que seja disponibilizado o serviço de radioterapia no Hospital Regional Terezinha Gaio Basso. A vereadora explica que a radioterapia é um tipo de tratamento contra o câncer que tem como objetivo destruir ou impedir o crescimento das células tumorais por meio da aplicação de radiação, diretamente no tumor, e que esse pode ser o único tratamento que o paciente receberá ou pode ser combinado com outros tratamentos.

“Solicitamos que este serviço seja disponibilizado no Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, somando-se aos demais tratamentos realizados pela Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon). Os pacientes de São Miguel do Oeste e do Extremo-Oeste são encaminhados para os municípios de Chapecó e Cascavel, o que causa um grande desconforto aos pacientes e familiares, uma vez que as viagens são cansativas e desgastantes para ambos”, explica.

“Ao disponibilizar o serviço de radioterapia no Hospital Regional Terezinha Gaio Basso aos pacientes com câncer, estaremos dando agilidade à sequência do tratamento, bem como comodidade aos pacientes, uma vez que serão atendidos mais próximos aos seus familiares e residência”, acrescenta Tudi. O pedido será enviado ao governador Carlos Moisés da Silva; ao presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, deputado Mauro de Nadal; ao secretário de Saúde de Santa Catarina, André Motta Ribeiro; e ao prefeito de São Miguel do Oeste, Wilson Trevisan.

Divulgação da Vacina 

Carlos Agostini (MDB) apresentou indicação em que solicita que seja incluída na divulgação do boletim epidemiológico da Covid-19 diário as seguintes informações sobre os pacientes infectados e/ou internados: se já são vacinados; se possuem as duas doses; e qual o laboratório responsável pela vacina aplicada.

Conforme Agostini, a sugestão tem o intuito de tornar ainda mais transparente a divulgação de informações sobre dados da pandemia e sobre a cobertura vacinal, “a fim de poder quantificar qual a situação dos infectados que já foram devidamente vacinados”. Por fim, o vereador aponta que essas informações são divulgadas por outros municípios de Santa Catarina. O pedido será enviado ao coordenador do Comitê de Crise do Coronavírus de São Miguel do Oeste, Mauricio Piacentini; e ao diretor do Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, Rodrigo Lopes.

Ascom

----------------------

Envie sua sugestão de conteúdo para a redação:
Whatsapp Business PORTAL SMO NOTÍCIAS (49) 9.9979-0446 / (49) 3621-4806

Cotações

Dólar Americano/Real Brasileiro

R$ 5,46

Dólar Americano/Real Brasileiro Turismo

R$ 5,62

Dólar Canadense/Real Brasileiro

R$ 4,42

Libra Esterlina/Real Brasileiro

R$ 7,51

Peso Argentino/Real Brasileiro

R$ 0,06

Bitcoin/Real Brasileiro

R$ 336,00

Litecoin/Real Brasileiro

R$ 1.024,89

Euro/Real Brasileiro

R$ 6,34

Clima

Domingo
Máxima 21º - Mínima 12º
Períodos nublados com chuva fraca

Segunda
Máxima 23º - Mínima 12º
Períodos nublados com chuva fraca

Terça
Máxima 18º - Mínima 12º
Céu nublado com chuva moderada

Quarta
Máxima 21º - Mínima 9º
Céu limpo

Quinta
Máxima 23º - Mínima 9º
Períodos nublados