Notícias

Cemitério em Blumenau instala QR Code nas lápides para memorial virtual do falecido

Segundo a administração, ferramenta vai facilitar a localização dos visitantes

Cemitério em Blumenau instala QR Code nas lápides para memorial virtual do falecido
Foto: Foto: Cemitério São José/ Reprodução

Um cemitério lançou nesta terça-feira (23) uma ferramenta tecnológica que traz um memorial virtual com a história das pessoas em Blumenau, no Vale do Itajaí. Segundo a administração, o QR Code colocado nas lápides servirá ainda para facilitar a localização dos visitantes.

De acordo com a administração do cemitério, é possível deixar uma mensagem em áudio ou vídeo para os parentes e amigos dos falecidos enterrados no cemitério. A tecnologia é inédita na cidade.

"Buscamos resgatar a tradição das famílias. O cemitério é uma colcha de retalhos de famílias que construíram a cidade", disse o diretor do Cemitério São José, Guilherme Otto Schneider.

O QR Code que terá um link para direcionar até uma página em que também irá constar a história do falecido.

A adesão ao serviço será opcional e ainda não há um levantamento de quantas famílias já instalaram a ferramenta nas lápides.

"Esse projeto tem por objetivo tornar as visitas ao nosso Campo Santo ainda mais atrativas. Além de ser uma ferramenta que permite uma homenagem ainda mais especial à cada falecido sepultado aqui", explica o diretor-presidente do cemitério, Alcione Alvim Da Silva.

Para realizar o serviço, a família deverá pagar a lápide que será confeccionada com o código.

Mensagem póstuma

De acordo com a administração, há uma procura crescente de pessoas para deixar um registro para os familiares antes de morrer. A mensagem será disponibilizada pelo QR Code instalado na lápide.

"Se antes de falecer, você quiser deixar um vídeo para ser assistido após a sua partida, isso será possível", disse Schneider.

Lançamento da ferramenta no dia de uma tragédia

Segundo a administração do cemitério, a data do lançamento da ferramenta foi pensada para homenagear os mortos na tragédia das enchentes de 2008.

Naquele ano, 214 famílias tiveram seus túmulos atingidos por um deslizamento no local e os falecidos tiveram que ser transferidos para outros jazigos. O processo foi finalizado em 2016.

Fonte: G1 SC

----------------------

Envie sua sugestão de conteúdo para a redação:
Whatsapp Business PORTAL SMO NOTÍCIAS (49) 9.9979-0446 / (49) 3621-4806

Cotações

Dólar Americano/Real Brasileiro

R$ 5,65

Dólar Americano/Real Brasileiro Turismo

R$ 5,99

Dólar Canadense/Real Brasileiro

R$ 4,40

Libra Esterlina/Real Brasileiro

R$ 7,49

Peso Argentino/Real Brasileiro

R$ 0,06

Bitcoin/Real Brasileiro

R$ 304,62

Litecoin/Real Brasileiro

R$ 1.062,18

Euro/Real Brasileiro

R$ 6,40

Clima

Sexta
Máxima 31º - Mínima 15º
Céu limpo

Sábado
Máxima 32º - Mínima 17º
Períodos nublados

Domingo
Máxima 32º - Mínima 20º
Céu nublado

Segunda
Máxima 30º - Mínima 18º
Períodos nublados

Terça
Máxima 28º - Mínima 16º
Céu limpo